Manifesto

As pessoas e entidades, unidas em defesa de Belo Horizonte, se posicionam contrárias ao Projeto de Lei 1749/15, que trata sobre o novo Plano Diretor, pois trará graves efeitos à cidade e, por isso, não atende as demandas do setor produtivo, de serviços e dos moradores de BH.

 

Entre os pontos prejudiciais, o projeto suprime direitos e desvirtua o instrumento da outorga onerosa, equiparando-se à criação de um novo imposto que inviabiliza investimentos, amplia a expulsão dos belo-horizontinos para outras cidades e piora a vida dos cidadãos.

 

Com isso, todas as atividades econômicas serão afetadas, gerando maior desemprego e aumentando a crise na Capital, que já soma 120 mil postos de trabalho perdidos desde 2013, com consequente impacto na segurança pública, dentre outros malefícios sociais.

 

Dessa forma, na certeza de que o melhor para a cidade é o seu desenvolvimento, exigimos a compreensão para os impactos negativos provenientes e contamos com o empenho pela não aprovação do projeto.